NÃO DEIXE A CONGREGAÇÃO

Imagem

NÃO DEIXE A CONGREGAÇÃO!!!

ESSE VERSO É UM DOS MAIS USADOS PELO SISTEMA PARA MANTER AS PESSOAS PRESAS A ELE.

“Não deixe a vossa congregação”? Congregar é reunir-se! NÃO É FREQUENTAR UMA INSTITUIÇÃO OU EMPRESA!!!! MAS Onde estiver dois ou mais, falando do evangelho ele estará. seja onde for.

JESUS EXCLUIU A NECESSIDADE DO TEMPLO E INSTITUIÇÕES NESSA PASSAGEM!!!
ESTANDO DOIS REUNIDOS NO NOME DELE, ESTÁ FEITO!!

AGORA, A REUNIÃO DOS APÓSTOLOS NADA TEM A VER COM A REUNIÃO DO SISTEMA RELIGIOSO ATUAL.

A congregação (Atos 2.42-47) bem como a nomeação de Pastores foi estabelecida para os iniciantes, meninos na fé, que estavam no leite, pois além de não terem a palavra por escrito, estavam sendo enganados conforme explica Paulo em (Ef. 4.11-14), essa congregação não era para sempre, era temporária, somente até que cheguem a fé viva, deixando assim o seu guia, para “ide e pregai” no mundo como Cristo fez com os apóstolos. Note que foi puramente contextual! A proposta de Cristo é que ninguém fosse mestre de ninguém, que as pessoas se reunissem em casas, ensinassem umas às outras conforme o dom de cada um e ninguém deveria ser nada nesse grupo, exceto de acordo com o dom da graça recebido. Foi assim que a Igreja viveu até o quarto século. De lá para cá se estabeleceu um modelo que o N.T. não conheceu e nem ensinou. Devemos ser nossos próprios pastores e sacerdotes, congregarmos (reunirmos) aonde estiver dois ou mais que seja na esquina, só de falar em Cristo já se abre uma Catedral em volta de Nós, não é necessário uma instituição religiosa para isso, seja o local que for!

RESUMO:
Congregar é reunir-se! Onde estiver dois ou mais, falando do Evangelho abre-se uma catedral ao redor, seja onde for! A congregação de Hebreus (ajuntamento de cristãos) não foi estabelecida para se frequentar o resto de sua vida e sim até se chegar na maturidade da fé depois é ide pregai, a congregação foi para os iniciantes, meninos na fé, quem estava no leite, foi assim até a instalação da palavra escrita, para que não fossem levados por qualquer vento de doutrina (Efésios 4.11-14/1Coríntios 3.1-23. Agora, para quem alcançou a plenitude da fé não há necessidade, o mandamento é ide e pregai, não é ficar se reunindo, escutando o que já sabemos, isso é religioso!

“É ide e pregai”, Marcos 16:15 não ficar no banco de igreja escutando conversa fiada, anunciar o Novo Testamento, pois aqueles que escreveram o N.T. mais propriedade ainda tem para ensinar! Liderança espiritual e congregação foram contextuais e específicas dada as circunstâncias da época. A orientação sempre foi pregar o Evangelho e não dar dinheiro para que outros preguem em seu lugar! Para quem tem a palavra escrita não se enquadra no conceito das Igrejas de Paulo, você não é mais menino na fé, não está mais no leite! Seja seu próprio pastor, seu próprio sacerdote! Em Cristo, aonde estiver dois ou mais, em seu nome, abre se uma catedral!

(Extraído de Ekklesia – Igreja de Cristo)

A única casa de Deus

“E disse-lhe: Toma estes utensílios, vai e leva-os ao templo que está em Jerusalém, e faze reedificar a casa de Deus, no seu lugar” (Esdras 5.15)

No Antigo Testamento apenas uma única casa foi chamada e casa de Deus: o templo de Jerusalém. No entanto, pela infidelidade do povo, o templo de Salomão foi destruído. Mas com a reconstrução do templo sob o governo de Zorobabel após o retorno do cativeiro babilônico, a Palavra de Deus fala de reedificar a casa “no seu lugar”. Deus reconheceu somente essa casa como Sua: o templo edificado escolhido por Ele mesmo (2 Crônicas 3.1). O Senhor Jesus também recoheceu o edifício, que em Seu tempo era o templo herodiano, como sendo a casa de Seu Pai.

Da mesma maneira, hoje existe somente uma casa de Deus. É a Igreja de Deus, o conjunto total de Seus redimidos, formada desde o Pentecostes. No tempo dos apóstolos, a Bíblia fala sobre os primeiros cristãos: “E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações” (Atos 2.42). Eles se encontravam para serem ensinados pela Palavra, para a comunhão, para celebrar a lembrança da morte do Senhor, e para orar. Temos feito isso? Se não, devemos ser encorajados pelos piedosos judeus mencionados no livro de Esdras que reedificaram a casa de Deus onde antes ela estava. Onde os cristãos se reúnem como Igreja, como o Novo Testamento nos instrui, há um testemunho visível da casa de Deus aqui no mundo.

(Extraído da Agenda Boa Semente 2010)