O que é preciso pra ser feliz?

Ele deu a vida por você!

Obs.: Este texto foi baseado em muitos que leio pela net. Por ter uma identificação grande com alguns desses textos, resolvi reescrevê-lo inserindo comentários e experiências pessoais.

No dia 07 de setembro foi feriado e eu não tinha absolutamente nada pra fazer. Meu marido estava usando o computador, eu já tava cansada de ler, a casa tava em ordem, enfim… tédio total, ihih. Resolvi dar uma última olhada na programação da TV quando parei no canal da Canção Nova e vi que estavam transmitindo ao vivo um acampamento e quem estava fazendo a homilia daquela missa era o padre Fábio de Melo. Eu já tinha assistido algumas vezes ele falar na TV, em programas diversos e achei bem coerente o que ele dizia. Deixei sintonizado naquela programação e comecei a prestar muita atenção no que ele falava, sobre ser livre, sobre ser de Cristo… Num certo momento meu marido que estava de costas pra TV, se virou e perguntou: “Sílvia, tem certeza que esse homem é padre?” rs Ele estava se referindo ao estilo da pregação dele, que é mais cristocêntrica do que muitos pastores andam pregando por aí ultimamente.

Doutrinas à parte, afinal cada igreja tem a sua e não é esse o foco desse post, parei pra refletir… Lembrei de um livro que li recentemente do Kenneth E. Hagin (“Eu creio em visões”) onde o autor dizia que quando foi chamado pra pregar ele achava que tinha de ser pastor, depois não deu muito certo, então ele tentou ser outras coisas, até quando Deus deu um chacoalhão e falou claramente que era pra ele deixar de pregar só nas igrejas evangélicas e passar a levar a Sua Palavra às outras denominações religiosas. Quando li esse trecho achei que isso não fosse possível, porque querendo ou não, por exemplo, por mais que católicos também sejam cristãos e muitos espíritas também se intitulem como tal, há uma boa diferença na maneira de crer e até mesmo de compreender o que é ser cristão. Só que em nas conversas por email e MSN que venho tendo com uma irmã em Cristo que foi da mesma igreja que eu em Mogi das Cruzes (Quadrangular), Deus foi me mostrando o que é de verdade a Sua Graça. E entendi (obrigada Senhor!) que Deus sabe quem é dEle e quem não é. Não tô falando a respeito de predestinação, eleição, não. É sobre ter seu coração verdadeiramente convertido à Cristo, viver segundo Deus nos criou pra que vivamos, afinal, não foi à toa que Ele mandou seu Único Filho pra morrer por nós, né mesmo?!

Agradeço ao Espírito Santo que vem me mostrando de uns meses pra cá o que é ser livre em Cristo, entendi o que é preciso pra ser feliz.

Se você ler meu blog desde o começo, vai ver que esses últimos posts em nada se comparam aos primeiros. Graças a Deus por isso também, porque uma das coisas que sempre peço em oração, é que Deus me faça crescer na Graça e no conhecimento. Não digo que hoje sou contra tudo o que escrevi aqui, não é isso, mas é que com a evolução espiritual que Deus nos permite vivenciar, vamos vendo com outros olhos e de maneira mais amorosa, coisas que até então eram tabus pra gente. Hoje, pela misericórdia do Pai entendo que não preciso necessariamente pertencer a determinada denominação religiosa pra poder reconhecer o Senhorio de Jesus na minha vida (e não tenho nada contra quem é membro de igreja, que fique claro isso!); entendi que de maneira alguma devo seguir doutrinas humanas com seus dogmas e rituais (mesmo que alguns deles estejam presentes no meio dito evangélico); consigo me desapegar de certas crenças errôneas que me faziam crer que um lenço com suor de um pregador famoso (mas pecador igual a mim), tem poder pra me curar, ou que algumas gotas de óleo ungido vão me proteger de alguma coisa, entendi que eu mesma como sou, desde que aos pés de Jesus, tenho plena autoridade pra abençoar minha vida e daqueles que me cercam e desejo abençoar.

Entendi que só Jesus é O caminho, é A verdade e é A vida e que não tenho como me achegar a Deus decorando versículos ou lendo livros inspirados de autores famosos, sendo que tudo o que preciso ler está na Tua Palavra e que só dependo de Cristo pra estar com o Pai!

Sou livre pra divulgar a verdadeira Palavra que é o que liberta de fato, mais do que qualquer processo de libertação (não sou contra isso, em alguns casos são realmente necessários, mas a Graça de Deus é o que mais importa!); quando aceitei a Jesus na minha vida fui dispensada de ter de barganhar com Deus pagando penitência, cumprindo promessas, acendendo velas, rezando repetidas vezes uma meia dúzia de palavras que mesmo sendo abençoadoras, não vão me fazer ficar mais boazinha aos olhos de Deus pra conseguir o que acho que preciso ou quero.

Dou glórias à Deus porque Ele tirou a venda que permaneceu por 33 anos sobre os meus olhos e me fez ver a Verdade do Seu Evangelho e posso deixar de racionalizar pra então parece lógico e crer em reencanações, em Big Bang e também de querer compreender as coisas do Universo, sendo que mal consigo compreender a mim mesma; que bom que é, mesmo a contra-gosto de muitos e caracterizando utopia pra tantos outros, poder viver da minha fé e a cada dia Deus vai trabalhando em mim e aumentando essa fé que Ele pôs em mim e vou podendo alcançar níveis mais alto de fé e consequentemente, vou conhecendo paulatinamente Seu Amor, Seu Poder e Sua Misericórdia.

Peço desculpas àqueles que tentei enfiar Jesus goela abaixo, porque agora entendo plenamente que é o Espírito Santo (e somente Ele) quem convence dos erros e nos leva ao arrependimento e não recitar passagens bíblicas; é o meu exemplo de vida cristã diária, pertencendo ou não a uma placa de igreja, que vai fazer com que as pessoas queiram conhecer esse Deus maravilhoso a quem sirvo!

Senhor, obrigada por poder crer de todo meu coração que onde houver dois ou três reunidos sob o Teu nome, o Senhor estará conosco, seja numa igreja, na sala da minha casa, numa praça…

É esse o intuito deste blog: não pregar a conversão a uma determinada religião, mas a Cristo, ao Único que é digno de receber toda a honra, glória e poder! Que se fez homem entregando Sua vida por nós, derramou Seu sangue pra nos libertar de todas as amarras do pecado e suas consequências e o como se não bastasse, ressuscitou  e ESTÁ VIVO e em breve voltará pra buscar aqueles que crêem na Sua verdadeira Igreja.

E qual igreja é essa?

Como diz uma canção do padre Zezinho que desde meus tempos de liturgista  e catequista não ouvia e nessa mesma homilia o padre Fábio cantou, me fez ver o que é ser a Igreja de Cristo. Veja bem: não estou de forma alguma fazendo apologia ao ecumenismo, não interprete por esse lado; veja sob o prisma da Graça de Deus e você compreenderá o que quero dizer:

Um dia uma criança me parou
Olhou-me nos meus olhos a sorrir
Caneta e papel na sua mão
Tarefa escolar para cumprir
E perguntou no meio de um sorriso
O que é preciso para ser feliz?
Amar como Jesus amou
Sonhar como Jesus sonhou
Pensar como Jesus pensou
Viver como Jesus viveu
Sentir o que Jesus sentia
Sorrir como Jesus sorria
E ao chegar ao fim do dia
Eu sei que dormiria muito mais feliz

Sou de Jesus

Anúncios

Sou cristã, apesar da igreja

[ Comentários para este post no cabeçalho acima clique onde diz Comments – Informo que copiei os comentários referentes à página IEQ, pois a mesma foi excluída. ]

Casa de Deus
Quando recebemos a Jesus como único Senhor e suficiente Salvador, devemos dar o passo seguinte que é buscar uma igreja idônea onde poderemos congregar com pessoas (que deveriam se tornar nossos irmãos, mas nem sempre isso acontece) que professam a mesma fé que nós abraçamos, pois é dessa forma que vamos amadurecer na fé cristã. Na época em que me converti (há 2 anos), visitei várias denominações e cada uma tinha uma coisa em particular que me agradava e outras que nem tanto. Depois de orar pedindo a orientação de Deus, Ele foi muito bom comigo e me levou a ser membro da Igreja do Evangelho Quadragular Sede em Mogi das Cruzes (SP), cidade onde morava. E foi lá que aprendi o que é ser cristã, o que é viver debaixo da graça de Deus.
Aprendi também a amar a igreja de Cristo e entenda-se por igreja o corpo de Cristo, você e eu que somos cristãos. Amo de verdade e respeito cada uma das pessoas abençoadas que Deus colocou em meu caminho, independe delas estarem na mesma igreja que eu ou não. Mas não endeuso ninguém, seja pastor, bispo, apóstolo, levita (ou cantor gospel, como preferir), missionário, diácono, obreiro ou somente um ‘crente de banco’, que não carrega qualquer título.

Deus tem me dado a consciência clara e correta de que devemos adorar somente à Ele e que Ele coloca essas pessoas pra nos guiar em Seu caminho, para aprendermos como ser (ou como não ser também, ihihih), a como desenvolvermos nossa fé; portanto o único que é digno de toda adoração é Ele e ponto final, por mais famoso que fulano seja, por mais seguidores que ciclano possua.

Sempre fui fiel aos meus princípios. Aprendi (relutei mas finalmente cri) que a Verdade está () na Palavra de Deus e é nela que me baseio pra tudo na vida; se por acaso ocorrer da igreja em que estou não estar 100% alicerçada na Palavra, não hesito em deixar a igreja e ficar com a Palavra. Quando não estamos em sintonia com a doutrina da denominação religiosa que frequentamos, temos o direito de procurar outra que seja mais de acordo com nossos ideais espirituais; é o melhor a fazer tanto pra nós mesmos como pra igreja em si. Por isso deixei de ser membro da igreja Quadrangular que frequentei por 10 meses aqui em Minas e resolvi, depois de muita, muita oração mesmo, retornar ao ministério onde nascei em Cristo: Ouvir e Crer. Por mais que amasse a igreja onde estava, a visão sob a qual fui gerada por Deus falou mais alto e mesmo sem estar participando fisicamente de uma igreja (templo) de junho pra cá, me sinto FELIZ e muito bem alimentada (diariamente) através da Bíblia, das palavras abençoadas que leio, ouço e assisto pela web que são desse meu ministério, além do apoio que os pastores me dão sempre que preciso.

O diferencial que há entre as demais religiões, seitas e filosofias e o cristianismo é que este não se baseia numa doutrina, mas numa Pessoa; e acontece uma enorme diferença na vida do ser humano entre se submeter a um conjunto de regras, ritos… à se refugiar em Alguém cujo Amor foi comprovado. Na verdade, nem tem como comparar o que é “seguir uma religião” ao ter um relacionamento íntimo e pessoal com o próprio Deus. Depois de muitas recusas, glória a Deus porque resolvi seguir meu coração e não minha mente carnal e não mudei de religião apenas, mas mudei de vida ao me encontrar com Jesus!

Esse blog visa o evangelismo; mostrar àqueles que ainda não optaram por mudar verdadeiramente de vida os motivos que me levaram a tomar essa decisão, a mais acertada em toda minha vida, sem dúvida alguma! E se diante disso, posso aconselhar algo a alguém, o faço com todo carinho: Não vire evangélico! Não mude de religião apenas! Converta-se à JESUS! A própria palavra já dá o sentido do que haverá contigo: conversão, mudança! Mas só é válida se for pra Cristo, não pra igreja tal, não pra doutrinas de homens… E tem diferença? você pode perguntar. Tem sim! Faz totalmente a diferença porque Jesus não é religião nem está em todas as religiões, como erroneamente se fala pelo mundo afora (tem também aquele outro ditado muito comum: “eu sou feliz, tenho Deus do meu jeito!” mas é a gente que tem de ser do jeito de Deus!!! :-); e placa de igreja não salva ninguém, só Jesus pagou o preço com Sua morte pra que a gente fosse abençoado com a reconciliação com o Pai! Mas pra receber isso você tem de reconhecer que é pecador e estar disposto a aceitar a Cristo como o único Senhor de sua vida e salvador particular!

A religião derruba o homem e o afasta de Deus. É verdade isso, não estou exagerando. Cristo levanta o homem e o traz pra mais perto de Deus! A religião melhora as pessoas, mas o Evangelho as transforma!!! E o Evangelho é uma possibilidade real de vida nova pra todo aquele que acredita e se permite experimentar isso!

Termino com um trecho da música “O Inimigo” do Dj Alpiste, que fala por sí só:

“Meu prazer é ver você destruído
Pois um dia do céu eu fui banido
A Terra agora é meu campo de batalha
Aqui minha mentira se espalha
Pois você é incrédulo e inseguro
Sua fé está sempre em cima do muro
Foi por isso que eu criei a religião
Pra você achar que todo pastor é ladrão
E o dinheiro que o povo dá na igreja
Você gasta bem melhor tomando cerveja
Sou capaz de tudo pra te afastar da luz
Pra que você nunca conheça a Jesus
Nunca aceite Seu sangue derramado
Nunca conheça o perdão do seu pecados
E por toda a vida vai ser sempre cego
Cultivando cada vez mais o seu ego
A menos que um dia conheça a Verdade
Vão chamar você de louco por toda cidade
Pensando bem é melhor ficar comigo
Muito prazer: eu sou seu inimigo.”
[ Comentários para este post no cabeçalho do início desta página clique onde diz Comments; Este outro campo igual abaixo é para comentários do post de julho. – AVISO: Só aprovarei comentários que tenham sido assinados e cujo email seja válido. Quem não se indentifica e ainda coloca uma conta de email que não existe, não merece crédito. ]